sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Quem sou eu, e quem é você, nesta história eu não sei dizer (L.J)

Ou se tem uma personalidade forte, ou não se tem personalidade. Sabe qual é a sua, se é que tem?

Rispidez não é sinônimo de personalidade, mas de má educação. Um jeito ogro ou covarde, a mesma coisa. Complexo de inferioridade, melancolia bucólica, tardes vazias em salas de estar, em um fim do tédio, não há personalidade que se forme.

Eu sou um tanto assim, dosado disso com um pouco daquilo, mas sem covardia ou violência. Gosto do que gosto em doses cavalares, não suporto homeopatia. Sou o que se pode de chamar de intenso, no amor, no sexo, na carne a na alma. Sou visceral.